Lucas Levitan + At doomed Gallery Dalston . Fonte: instagram.com/LucasLevitan
Lucas Levitan + At doomed Gallery Dalston . Fonte: instagram.com/LucasLevitan

Eu sempre amei Design e nas minhas “andanças” pelo instagram, eu descobri o perfil do Lucas Levitan, um cara super criativo, responsável pelo projeto (genial!, diga-se de passagem!) Photo Invasion, no qual ele cria personagens que “invadem”  as fotografias. Além de ser super competente no que faz, o Lucas é gente boa e mega acessível. Recentemente, ele produziu também um app em que todo mundo pode “invadir” as fotos utilizando os desenhos dele! Bom, eu sou suspeita pra falar, porque já era fã do trabalho dele antes e fiquei ainda mais depois desta entrevista! Confiram!

Lucas Levitan, photo invasion, foto, design
Santicuore + Lucas Levitan

R@ph@: Como você começou a sua carreira de ilustrador? Foi aqui no Brasil?

Comecei a faculdade de artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS),  mas acabei me formando em publicidade pela PUCRS.

Minha trajetória profissional foi em ziguezague. Não segui um caminho linear e nunca me identifiquei com uma carreira apenas.Nunca me importei em ser rotulado, pois tenho vários. Tem dias que sou filmmaker, outros artista plástico, já fui designer, e no momento estou ilustrador.

Fui sócio da República das Idéias, empresa de Design. Após alguns anos, decidi fazer um mestrado em Artes e Design em Londres. Pretendia ficar dois anos na Europa, mas isso já faz quase 10. Nesse meio tempo, comecei a trabalhar em agências de publicidade, além de projetos de filmes, documentários e ilustração. Gosto de ter um dedo em cada pote e como tenho dez dedos tento aproveitá-los ao máximo.

Lucas Levitan, Photo Invasion, ilustração, design
Lucas Levitan + @nrt_kenya. Fonte: instagram.com/LucasLevitan

R@ph@:O que motivou a sua ida para Inglaterra?

Vim pra Londres pra fazer um mestrado em arte e design pela University of the Arts London. Era para ficar um ano, mas me apaixonei pela cidade e pelas possibilidades de fazer arte aqui. Também acabei me apaixonando por uma espanhola e fiquei.

Lucas Levitan, photo, design,
ipiripinapa + Lucas Levitan. Fonte: instagram.com/LucasLevitan

R@ph@: É verdade que a ideia do projeto “Photo Invasion” surgiu depois de um acidente com o tijolo?

Photo Invasion é um projeto que junta duas paixões: ilustração e fotografia. Comecei fazendo “invasões” em minhas próprias fotos, mas vi que interagir com fotografias de outros era mais interessante.Foi em uma época que estava fazendo muitas coisas ao mesmo tempo. Trabalhava numa agência de publicidade, porém meu trabalho em publicidade nunca foi o suficiente para satisfazer meus sonhos como artista. Por isso tinha tantos projetos paralelos. Eu estava editando meu documentário, escrevendo uma história em quadrinhos e estava fazendo muitas fotografias. Era bastante coisa ao mesmo tempo, que me ajudava a manter minha mente no lugar. Em 2014, enquanto caminhava pela rua, um tijolo caiu do quarto andar de uma construção, a 10 centímetros da minha cabeça e espatifou no chão. Naquele momento, percebi que tinha muito mais a fazer e muitos projetos pra realizar antes da morte me encontrar. Dei meia volta e pedi demissão da agência que trabalhava. Desde esse momento, tento fazer mais o que eu gosto: desenhar. Foi neste processo que o Photo Invasion surgiu.

Nestor Barbitta e Lucas Levitan
Nestor Barbitta e Lucas Levitan. Fonte: instagram.com/LucasLevitan

R@ph@: Você já fazia a “invasão de fotos” antes do Instagram? Como surgiu a ideia de publicar no insta?

Usava as mídias sociais como maneira de me comunicar com amigos e família. Sempre gostei de mostrar o que andava fazendo, experimentos fotográficos e desenhos. Gostei do Instagram, pois era mais simples que as demais mídias. Parecia para mim mais direto e simples. A imagem era o principal conteúdo. Criei vários projetos antes de Photo Invasion. Mas, quando comecei a produzir histórias com as fotografias dos outros, fiquei apaixonado e não parei mais.

R@ph@: Alguém já ficou chateado por ter uma foto invadida? 

As intervenções são diálogos entre a foto original e meu desenho. Sempre que a mostro no Instagram ou em outras mídias sociais, espero a mensagem do meu parceiro. É a mais importante. Quero que ambos estejamos de acordo. Até agora as respostas foram positivas, muitas vezes muito mais que eu esperava. E isso me dá confiança em continuar. Acredito que Photo Invasion dá uma segunda vida para a fotografia e a leva para um caminho inesperado.

Desde o início tive o cuidado de colocar os devidos créditos nas imagens que crio, mencionando os autores das fotos originais. Além disso, acredito que esteja claro que minhas interações com as fotografias não têm o propósito de superar a original, mas sim, criar uma parceria.

lucas levitan, ilustração, design, photo invasion,
Michael Newsted + Lucas Levitan

R@ph@: As fotos que você publica no instagram são imagens pagas? Alguém pagou pra você fazer os desenhos nas fotos tiradas do instagram?

Já teve gente que pagou. Criei uma página para esses que não querem esperar na fila (A fila já tem mais de 27 mil imagens shock). A página está no meu site e chama-se Factory (www.lucaslevitan.com/factory) Funciona assim: as pessoas mandam um e-mail pra mim com o título #IWantToBeInvaded e algumas fotografias. Se eu acho que as imagens podem virar Photo Invasion, eu respondo o e-mail e a pessoa paga por PayPal. Aí eu faço a invasão e todos ficam felizes.

R@ph@: Em geral, os personagens dos seus cartoons são desenhos fora do padrão estipulado pela mídia, com personagens narigudos, carecas, gordinhos. Como surgiu a proposta destes personagens? Eles tem algum nome?

Todos têm nomes e uma história paralela ao Photo Invasion. Eles trabalham meio expediente para Photo Invasion. São atores. Eles não são gordinhos, nem narigudos. Acho que ficariam chateados em escutar isso hehe (Brincadeira). Eles são como são: roxos, azuis e rosa. As proporções são definidas pela maneira que curto desenhar. Gosto das curvas e acho que o mundo real defende um modelo de beleza muito chato. Todos estão em busca de um padrão incansável, modelos secas e retas. Eu gosto dos gordinhos e felizes. E o nariz, bom cada cuida do seu.

lucas levitan, instagram, photo invasion, designer
herr_pola_roid + Lucas Levitan

R@ph@: Como você idealiza onde o personagem vai estar nas fotos? 

A foto é quem chama o personagem para participar. Muitas vezes é instantâneo, vejo a foto e a história está lá pra ser contada. Não há uma regra, tento fazer sempre histórias diferentes em cada cartoon. Porém, poucas vezes tenho uma ideia e busco a imagem adequada, mas isso dá muito trabalho. Gosto mesmo é do jogo de decifrar a história além da imagem original.

Lucas Levitan livro
O Lucas lançou o livro “Photo Invasion” em novembro do ano passado. A obra foi publicada de uma maneira independente, graças ao crowdfunding (financiamento colaborativo) feito pelo site Kickstarter.com. Quem quiser adquirir é só acessar o site da amazon. O livro custa 15 libras.

Espero que vocês tenham gostado! Quem quer ter uma foto invadida? \o/ heart

 

 

Gostou? Deixe seu comentário

Comentários

2 Comentários em Lucas Levitan: o invasor de fotos mais legal do instagram

  1. Isabelle
    10 de agosto de 2016 at 05:06

    Always a good job right here. Keep rolling on thourgh.