O resultado da Bichectomia feita na Angelina Jolie inspira milhares de brasileiras a fazer a cirurgia.
O resultado da Bichectomia na Angelina Jolie serve de inspiração para muitas brasileiras.

A preocupação com a aparência é algo marcante para os brasileiros. Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética, em 2013, fomos o segundo povo que mais fez procedimentos estéticos em todo o mundo. Ficamos atrás apenas dos Estados Unidos. Por aqui, as operações mais comuns ainda são a lipoaspiração e as próteses mamárias. Mas, dentre todos esses tipos de intervenções, um está ocupando lugar de destaque: a bichectomia.

 A Bichectomia, também chamada de Lipectomia facial, é aquela técnica que deixa o rosto mais fino e delineado. Quem está insatisfeito (a) com o formato do rosto, acha que é bochechudo (a) e quer dar mais harmonia para a face, não precisa mais ir até os grandes centros para fazer a cirurgia. Aqui em Roraima já é possível fazer o procedimento.

O cirurgião dentista Carlos Prado mostra alguns procedimentos estéticos que são realizados na clínica Espaço Odontológico.
O cirurgião-dentista Carlos Prado mostra alguns procedimentos estéticos que são realizados na clínica Espaço Odontológico.

Para saber um pouco sobre o assunto, eu consultei o renomado cirurgião-dentista Carlos Prado, especialista em estética e dentística restauradora. Formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), ele atua há 22 anos em Boa Vista  e costuma realizar diversos cursos de aperfeiçoamento no Brasil e no Exterior.  Aqui, ele tira todas as dúvidas a respeito da bichectomia!

R@ph@: Como surgiu no mundo da odontologia a bichectomia?

No século XIX, um anatomista francês, o Marie François Xavier Bichat, descobriu a bola de bichat, um tecido adiposo que se localiza entre os dois músculos da bochecha (o masseter e o bucinador). Essa bola é muito importante durante a amamentação, pois favorece o deslizamento destes músculos para que a criança consiga sugar o leite do seio da mãe. Mas, na fase adulta, essa estrutura perde a sua função, podendo ser retirada sem nenhuma alteração muscular. Por causa disso, a cirurgia é chamada de Bichectomia (Bich, por causa do francês; e, ectomia, corte).  O grande boom deste procedimento ocorreu por causa das celebridades de Hollywood, como a Angelina Jolie, a Madonna e a Kim Kardashian. Todas elas recorreram à Bichectomia para deixar o rosto mais fino e belo. E, por causa delas, a Bichectomia tornou-se a cirurgia que mais cresceu no Brasil nos últimos três anos.

R@ph@: Como é feito o procedimento?

Eu faço uma avaliação (com fotografias e documental), converso com o paciente e realizo uma análise da situação bucal da pessoa. Vejo se tem alguma alteração, com relação à higiene bucal, se há um tártaro. No dia da cirurgia, a pessoa chega ao meu consultório, espera entre 15 a 20 minutos para tomar alguma medicação e, em seguida, ocorre o procedimento, que dura entre 40 minutos a 1 hora. Depois da operação, a paciente aguarda 20 a 30 minutos por causa da questão do sangramento. O corte é imperceptível, muito pequeno, não deixa cicatriz.

Imagem mostra como é feito o procedimento.
Imagem mostra como é feito o procedimento.

R@ph@: Quem pode fazer? Tem alguma restrição?

A técnica é para quem deseja afinar o rosto, ou seja, é indicada para aquelas pessoas que acham que são bochechudas. Também é recomendada para aquelas que têm problemas funcionais, como as que vivem mordendo a bochecha e, em razão da constância deste gesto, acabam provocando  lesões traumáticas ou problemas mais sérios. Portanto, tem dois aspectos: funcional e o estético (afinar o rosto). A Bichectomia não é indicada para pacientes que tenham um rosto comprido, complicações sistêmicas, infecções, diabete descontrolada, hemofilia. Mas, para as pessoas que são saudáveis, é um procedimento simples e sem contraindicações.

R@ph@: Quanto tempo de recuperação depois da cirurgia?

Depois da cirurgia, o paciente usa uma faixa de compressão por três dias até reduzir o edema. Também é recomendado que a pessoa faça compressas de gelo nas primeiras 24 horas, além da medicação prescrita. O processo de recuperação é praticamente indolor. O inchaço é mínimo.  Normalmente, em três dias a pessoa já está bem e em uma semana já  dá para ver o resultado legal. Porém, o resultado final só pode ser conferido após 4 a 6 meses, porque este é o período de estabilidade do colágeno e de toda a estabilização dos tecidos.

Megan Fox foi outra celebridade que aderiu à Bichectomia.
Megan Fox foi outra celebridade que aderiu à Bichectomia.

R@ph@: E quais os tipos de sutura (pontos cirúrgicos) usados no procedimento?

Existem vários tipos de fios. Quando o paciente diz para mim que não pode fazer o  pós-operatório, por exemplo,  por motivo de viagem, vai ficar um mês fora de Roraima, eu uso um fio chamado Vicryl, que é absorvível. Caso o paciente possa fazer o pós-operatório, que é de 7 a dez dias após a cirurgia,  nós usamos um fio de Nylon, extremamente fino, que não incomoda e a pessoa não sente.

R@ph@: Se a pessoa engordar, existe a possibilidade deste tecido adiposo se instalar novamente?

A cirurgia não tem qualquer relação com o processo de emagrecimento. Tem pessoas que fazem regime, emagrecem 20, 30 quilos e continuam com o rosto redondo, porque a bola de bichat nasce e cresce conforme a nossa idade (como a mandíbula, o maxilar) até um momento que estabiliza. Portanto, se você remover a bola de bichat, não há possibilidade de voltar a ficar bochechuda.

R@ph@: Quais as complicações da cirurgia?

Se o profissional aplicar a técnica correta, conhecer bem a anatomia e fizer uma boa abordagem, não há risco. Agora, se a pessoa não tiver conhecimento, podem ocorrer riscos para o paciente. Por exemplo, na área da bochecha, passa o ducto da glândula parótida, que libera a saliva, se romper essa estrutura, a complicação é séria.   Por trás da bola de bichat também passa um ramo neurofacial, que se for comprometido, pode causar danos à face. Então, é preciso que o profissional tenha habilidade e conheça as estruturas anatômicas importantes da região.

R@ph@: Quanto custa a cirurgia?

Na internet você encontra de tudo. Já vi casos de R$ 4.500 a R$ 16 mil. Mas, também há pessoas que cobram bem abaixo deste valor, R$ 1 mil, por exemplo. Vai depender da qualificação, da estrutura, da equipe, do respaldo pré e pós-operatório, se o paciente quer fazer em um hospital (para ter mais segurança) com um anestesista. O procedimento encarece à medida que o paciente escolhe adicionar cada um destes itens.

QUEM JÁ FEZ 

Paulina Coelho mostra o antes e o depois da cirurgia.
Paulinha Coelho mostra o antes e o depois da cirurgia.

Paulinha Coelho é esportista, empresária e está concluindo o curso de Fisioterapia. Ela é uma mulher muito bonita, mas costumava ficar incomodada com as bochechas. “Mesmo quando eu emagrecia, elas sempre continuavam aparecendo. O tamanho delas sempre me incomodou muito. Então, quando eu descobri que a cirurgia já estava sendo feita aqui em Roraima, aproveitei para tirar sisos e já fiz a bichectomia”, disse.

Segundo a atleta, a cirurgia foi super tranqüila e não teve nenhum problema no pós-operatório. “A bichectomia durou 40 minutos. Foi anestesia local e tirei 80 gramas de um lado e 75 gramas do outro lado. Passei dois dias com a faixa compressiva e, por causa da recuperação, não pude pegar peso por uma semana. Mas, fora isso, a rotina foi normal. Fiquei muito satisfeita! Adorei o resultado!”.

O cirurgião dentista Carlos Prado atende no Espaço Odontológico.
O cirurgião-dentista Carlos Prado atende no Espaço Odontológico.

 O cirurgião-dentista Carlos Prado atende na Clínica Espaço Odontológico, que está localizada na rua Antônio Martins, 73, no São Francisco (Ao lado do Clarentiano). Contato: eodontologico@hotmail.com

Gostou? Deixe seu comentário

Comentários

18 Comentários em TUDO SOBRE A BICHECTOMIA

  1. FRANCIS OLIVIA CAMPOS
    1 de junho de 2016 at 19:50

    Adorei a matéria! meu dentista em goiania vive querendo me convencer a fazer…falta a coragem e o incomodo! No dia que incomodar eu tiro com certeza hahaha

    • Raphaela Queiroz
      3 de junho de 2016 at 01:47

      Oi, gata! Obrigada por estar aqui! Fico feliz de você ter gostado do post. Você não é bochechuda. Nem precisa! yes O procedimento é bem simples e, segundo o dentista, sem dor. Então, vale a pena para quem deseja fazer! Bjos e tudo de melhor!

  2. Renata
    12 de novembro de 2016 at 16:42

    Eu fiz recentemente e só saiu 2.80 g de cada lado. Nessa pessoa saiu 80 g? Está correto?

    • Raphaela Queiroz
      13 de novembro de 2016 at 16:01

      Oi, Renata! Foi o que ela me passou! Obrigada pela visita! smile Bjo

  3. Jean Victor
    20 de novembro de 2016 at 21:07

    Fiz a bichectomia há 17 dias. Sou dentista e fiz por mero estudo do meu amigo dentista de consultório que participou do curso de capacitação.
    Super recomendo. É uma cirurgia tranquila. O pós-operatório é tranquilo. Realizando as compressas nos 3 primeiros dias, os dias posteriores são bem tranquilos. Removeram 3g de cada lado.

    • Raphaela Queiroz
      20 de novembro de 2016 at 21:55

      Oi, Jean! Que legal! É muito bom para melhorar o nosso bem-estar e autoestima! Abraço e valeu pela visita!

  4. vany
    21 de novembro de 2016 at 17:59

    Eu fiz e fiquei com um edema enorme.
    senti dores horrores no pós operatório

    • Raphaela Queiroz
      21 de novembro de 2016 at 19:44

      Sério, Vany! Que chato! É por ter outra opinião, então! Procurar outro cirurgião dentista. Porque todos dizem que é tudo bem simples e sem dor. Abraço e melhoras!

    • lusia
      30 de junho de 2017 at 01:33

      Vânia? posso te mandar minha foto com meu edema. Fiz o cirurgia hj é está Enorme, muito grande minhas bochechas. meu cel é 22 999673002

  5. Kate Brighente
    27 de novembro de 2016 at 19:20

    Também fiz a bichectomia, há um dia, não tive muita gordura, foi meio grama de cada lado, achei muito pouco, estou com bastante dor em um dos lados da bochecha o que foi feito primeiro, como eu tinha pouca gordura o cirurgião ficou puxando bastante, já do outro lado não sinto dor pois ele já sabia que eu tinha pouca gordura mesmo. Só espero que de algum resultado porque foi só 1g no total meio de cada bochecha.

    • Raphaela Queiroz
      28 de novembro de 2016 at 20:32

      Melhoras, Kate! Espero que você fique boa logo! Bjos

    • Keylla Evangelista
      1 de abril de 2017 at 13:17

      Kate boa tarde, eu também fiz a minha cirurgia ontem, com um cirurgião plástico que já fiz outros procedimentos, e o meu caso foi muito parecido com o seu, saiu pouquíssima gordura, senti dor pelo mesmo motivo, espero que mude alguma coisa pelo menos, meu rosto está mega inchado e não estou usando faixa. Até gostaria de saber se isso acontecesse mesmo e se o uso da faixa e obrigatório.

    • KRISTIANA
      10 de abril de 2017 at 21:26

      Olá. Você viu resultados?

  6. Juliana
    8 de dezembro de 2016 at 00:24

    Vou fazer a cirurgia e depois vou passar uns dias de férias na praia, tem alguma contra indicação para beber Bebida alcoólica 14 dias depois da cirurgia???

    • Raphaela Queiroz
      16 de dezembro de 2016 at 16:49

      Olá, Juliana! É bom perguntar para o seu dentista. Segundo o Dr. Carlos, depois de alguns dias da cirurgia, a pessoa pode viajar. Mas, não sei quanto à bebida. Boa Sorte e aproveite!

  7. Benne Teles
    9 de dezembro de 2016 at 13:36

    Acredito que, a cirurgia é para quem realmente tem um “excesso” de bochecha… não podemos tirar aquilo que não temos, podemos observa pelos relatos que, quem realmente tinha algo a mais, já não sentiu tanto desconforto e dores.

    • Raphaela Queiroz
      16 de dezembro de 2016 at 16:50

      Oi, Benne! Verdade.. é bom sempre passar por uma avaliação do profissional. O importante é ser feliz e com saúde! Bjo

  8. Beatriz
    27 de julho de 2017 at 02:47

    Boa noite
    Gostaria de saber se é normal a pessoa não ter essa glândula para fazer a cirurgia,pq fui fazer o procedimento e não deu certo o dentista não conseguiu tirar quase nada de um lado e outro lado nada